Categoria Principais Notícias

O excesso de peso nas costas das criança:

O excesso de peso nas costas das criança: principais problemas relacionados a coluna infantil 

Mochilas dadas em Jequié na Bahia, ganham as Redes Sociais. Um fato é: muito peso pode prejudicar a coluna das crianças. A escoliose no/do adolescente e/ou criança geralmente resulta em dor ou sintomas neurológicos. A curvatura da coluna pode fazer pressão sobre os órgãos, incluindo o pulmão ou coração. O tratamento da escoliose se divide em três categorias principais: observação, órtese e cirurgia.Vamos ter cuidado.

1. Quais são os principais problemas relacionados a coluna nas crianças e adolescentes que frequentam as escolas?

Diversas patologias podem acometer a coluna vertebral de crianças e adolescentes em idade escolar, tais como: traumas, deformidades e infecções, porém, as queixas mais frequentes estão relacionadas as mochilas escolares e a postura inadequada. Milhões de crianças todos os anos carregam uma enorme quantidade de materiais e livros que podem sobrecarregar as estruturas musculares lesando o pescoço, ombros e costas.

2. Com relação as mochilas, que tipo de lesão ela pode provocar?

A coluna é composta por ossos chamados vértebras que são intercaladas por discos que funcionam como amortecedores e são estabilizados por músculos e ligamentos dão mobilidade a coluna, estas estruturas podem ser lesados em caso de sobrecarga com por exemplo quando as crianças frequentam a escola com mochila excessivamente pesada. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que 85% das pessoas sentem dores nas costas decorrentes de problemas na coluna. E essa dor pode estar relacionada com o peso da mochila utilizada na infância e adolescência.

3. Qual o peso ideal para uma mochila escolar?

A mochila nunca deve ultrapassar de 7 a 10% do peso da criança, ou seja, uma criança de 30kg pode carregar até 3kg na mochila.

4. Dentre os vários modelos de mochila escolar, existe algum que seja recomendado?

Sim, o modelo ideal é o que possui duas alças largas e acolchoadas sobre os ombros, cinto interligando as alças para melhor distribuição do peso, a largura não deve ser superior a do dorso da criança e a altura ficar entre os ombros e a cintura . O risco com relação as mochilas não reside apenas no modelo, mas também na forma como são utilizados, o erro mas frequente é quando a criança utiliza apenas uma das alças sobre o ombro sobrecarregando um dos lados da coluna.

5. O que os pais devem observar nos filhos com relação as mochilas?

O pai deve observar se seu filho tem dificuldade para colocar a mochila, se a criança tem de inclinar o corpo para frente para se equilibrar ou se tem queixas de dor nas costas, ombros e pescoço, nestes casos deve-se tomar providencias afim de diminuir o peso da mochila.

6. Quais providencias podem minimizar problemas causados peso excessivo das mochilas?

O uso racional do material escolar é um ponto relevante, os pais devem organizar diariamente a mochila de forma que a criança leve para escola somente aquilo que ela irá realmente utilizar naquele dia, além de orientar seus filhos a utilizar a mochila de forma adequada e incentiva-los a pratica de esportes como a natação.

7. Nos casos de deformidades como os pais devem proceder?

As deformidades da coluna vertebral mais frequente durante a fase escolar são a cifose, (corcunda), e a escoliose, (deformidade em “S” da coluna com inclinação lateral), que podem ser acompanhadas ou não de dor. Para estes casos o acompanhamento médico é essencial, pois na maioria das vezes se não tratadas na fase de crescimento podem se agravar e gerar problemas futuros para a criança.

Como as crianças devem levar a mochila

– Usar mochilas com correias largas e acolchoadas, e com encosto acolchoado também;

– Usar mochilas com ajustes firmes, procurando mantê-la a uns 5 cm acima da sua cintura;

– Carregar a mochila sempre pelas duas correias e nunca por uma somente, para não sobrecarregar um dos ombros;

– Praticar algum esporte ou exercícios para fortalecer os músculos das costas;

– Organizar a mochila colocando os livros mais pesados mais próximos e colados na coluna, e manter cada coisa em seu devido lugar;

– Optar por levar mochilas com rodas;

– Manter a coluna reta, e não curvada, para levar a mochila com rodas;

– No caso em que haja muito material, levar parte do peso nas mãos;

– Limitar o peso do conteúdo e evitar transportar cargas inúteis. Se a mochila é muito pesada, a criança se vê obrigada a curvar-se para frente ou flexionar para frente a cabeça e o tronco para compensar o peso;

– Utilizar as duas mãos para pegar a mochila, dobrar os joelhos e inclinar-se para levantá-la;

– Não transportar a mochila com muito peso por mais de 15 minutos;

Neste sentido a fiscalização dos pais é essencial e mais que necessária. E a colaboração dos professores também.

Jogo Baleia Azul? O que é mesmo? Um ‘fake news’.

Jogo Baleia Azul? O que é mesmo? Um ‘fake news’.Vamos Jogar?


O jogo da ‘Baleia Azul‘, é um jogo que propõe 50 desafios aos jogadores, em sua maioria adolescentes, nasceu na Rússia como ‘fake news’, mas existe um efeito que sendo verdadeira ou não, a notícia gera um contágio, principalmente entre os jovens, afirmou  Tavares da Safernet ao G1. Um jogo falso, uma noticia falsa, que vai ganhando repercussão. Uma mentira que vai viralizando, chegando ao ponto de tornar-se verdade.

Todo Jovem e adolescente adora desafios. A alma e o espírito dos jovens, aspiram desafios e novidades. E com as novas tecnologias e as redes sociais, tudo viraliza e ninguém quer ficar de fora. O Facebook tornou-se uma rede que viraliza as informações. É justamente, neste ponto que esta moda vira algo perigoso.

O jogo da ‘Baleia Azul‘ é um jogo de desafios, propõe 50 desafios. E um deles, pasmem sugere o suicídio como última etapa. O jovem e adolescente fica envolvido, com musicas e orientações. Vai sendo induzido a jogar, a participar, a passar por cada desafio, a enfrentar cada dificuldade. Vai criando expectativa e entusiasmo. Vai se envolvendo letamente. Se sentindo seguro e confiante para ir além.

Alguém, com intenções desumanas, aproveitou a onda de mentiras de um jogo que não existia, deu vida e forma ao jogo de qualquer maneira. Criou regras e desafios. E hoje já existem várias versões do Jogo em diferentes países do Mundo.

Segundo o Site G1, há investigações policiais pelo menos três estados, sendo que em uma delas, em Mato Grosso, há uma morte envolvida. No Rio de Janeiro, uma tentativa de suicídio supostamente teria relação com o jogo. Na Paraíba, a polícia já apura a participação de alunos de uma escola em João Pessoa de um grupo no WhatsApp disseminando as regras do desafio.

Então vou propor a Baleia Azul do Bem, positiva, para a vida, para o amor, para a paz  !

Faça a sua vida valer a pena. Ame de verdade. Faça o bem. Siga as regras e os jogos para viver e sonhar.

  • Então vou propor o Jogo da Baleia Azul do Bem, para o amor, para os valores humanos e para a paz ! E ai vamos Jogar? E quais seriam os 50 desafios deste Jogo?