Categoria Matérias

Prova Brasil (2017) será aplicada em Outubro e Novembro. Como estão os alunos da sua escola e de seu município?

Prova Brasil (2017) será aplicada em Outubro e Novembro. Como estão os alunos da sua escola e de seu município?

A Prova Brasil, que pela primeira vez vai englobar os alunos do ensino médio da rede privada, será aplicada entre os dias 23 de outubro e 3 de novembro nas escolas brasileiras seguindo algumas regras.

A Prova Brasil avalia os conhecimentos dos alunos em matemática e língua portuguesa. O resultado do desempenho é um dos elementos que compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), calculado por escola, por município e por estado.

Nesta edição a prova será aplicada seguindo as seguintes regras:

– escolas públicas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham dez ou mais alunos matriculados em cada uma das etapas de 5º e 9º anos (4ª e 8ª séries) do ensino fundamental;

– escolas públicas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos dez alunos matriculados em cada uma das etapas de 3ª ou 4ª série do ensino médio, quando essa última for a série de conclusão do ensino médio;

– uma amostra de escolas privadas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos 10 alunos matriculados em cada uma das etapas de 5º e 9º anos (4ª e 8ª séries) do ensino fundamental e de 3ª ou 4ª séries do ensino médio, quando essa última for a série de conclusão do ensino médio, distribuídas nas 27 unidades da Federação;

– mediante adesão, escolas privadas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos dez alunos matriculados na 3ª série ou na 4ª série do ensino médio, quando essa última for a série de conclusão do ensino médio.

Sistema nacional de avaliação

A Prova Brasil é um dos dois elementos que compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb): o cálculo do Ideb é feito usando os resultados da prova e informações sobre a aprovação ou repetência dos estudantes.

Essa prova faz parte da Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb), uma das três avaliações que integram o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Até hoje, porém, apenas as edições da Prova Brasil do ensino fundamental eram aplicadas de forma censitária, ou seja, para todos os estudantes do 5º e do 9º ano do fundamental.

Como resultado, no Saeb 2015, 3.986.190 estudantes participaram da prova: 2.071.581 do 5º ano do fundamental, 1.842.034 do 9º ano do fundamental, e apenas 72.575 estudantes do 3º ano do ensino médio.

Além disso, 38.155 escolas públicas tiveram os dados divulgados para o 5º ano do fundamental, e 29.620 escolas públicas receberam os resultados para o 9º ano.

Já no ensino médio, os resultados foram divugados apenas em nível estadual e nacional.

Com a mudança, o Inep estima que 2,4 milhões de estudantes do 3º ano do ensino médio, tanto de escolas públicas quanto privadas, participem da Prova Brasil.

No total, o governo prevê que cerca de 7,5 milhões de estudantes façam as provas.

Fonte: Ministério da Educação

Filme A Cabana: lições importantes!

“Por que este fato foi acontecer comigo? O que fiz para merecê-lo? O que poderia ter feito para evitá-lo? Onde Você (Deus) estava nesta hora?” 

 

Se você não fez a leitura do livro A Cabana, vai se encantar pelo filme. Durante uma viagem em um fim de semana, a filha mais nova de Mack Allen Phillips é raptada. Há evidências de que ela foi brutalmente assassinada em uma cabana abandonada. Após quatro anos vivendo muito triste, causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um bilhete estranho, que teria sido escrito por Deus, convidando-o para voltar à cabana onde aconteceu a tragédia. Um filme leve, lindo, inspirador! Emocionante!

Primeira lição: Tenha Fé !

Ao perder a filha caçula e achar que o Deus em que ele acredita não fez nada para evitar que ela morresse, Mackenzie abandona sua fé e se entrega à tristeza. Durante o encontro com a trindade divina, Mack confronta Deus por permitir tamanho sofrimento e acaba se deparando com uma resposta reveladora de “Papai”: “Quando tudo o que conseguimos ver é só a nossa dor, acabamos deixando de ver Deus”.

Segunda Lição: Perdoe!

Amargurado, Mack se fecha emocionalmente e acaba se distanciando das pessoas que ama. No filme, em uma conversa com o Espírito Santo, ele demonstra toda sua ira ao dizer que deseja que o assassino de sua filha sofra, assim como ele sofreu, até que, com a ajuda de Deus, toma coragem para perdoar o agressor de Missy e se livrar desse sentimento que o consumia.

Terceira Lição: Fale o que sente!

Diferentemente de sua esposa Nan, interpretada por Radha Mitchell, que se apoiou na fé, na família e enfrentou corajosamente o sofrimento pela perda da filha, Mack escolheu mascarar a dor e se isolar. Beirando a depressão, o personagem recusou toda oferta de ajuda e aproximação dos amigos e da esposa e, consequentemente, criou um abismo enorme entre ele e os filhos, tudo isso, até receber o bilhete endereçado por Deus.

Quarta lição: corra ao cinema para assistir ao filme kkkkkk